Peça se inspira nas obras neoplasticistas de Piet Mondrian.

Dimlux

As obras abstratas de Piet Mondrian – pautadas por uma estruturação em linhas retangulares de diferentes proporções, sempre verticais ou horizontais e formando ângulos retos – são fonte de inspiração da luminária Infinito, peça exclusiva do portfólio da Dimlux.

Desenvolvida por Gustavo Di Menno, Infinito oferece uma leitura cognitiva que traduz toda a essência geométrica, abstrata e hipnotizante das obras do fundador do Neoplasticismo, movimento artístico de vanguarda do século XX. Assim, a peça faz uso de dos componentes fundamentais das formas – linhas, planos e cubos – em padrões ritmados que, mesmo sendo assimétricos, trazem um grande sentido de equilíbrio, em uma harmonia de oposições desiguais mas equivalentes. Leia+Mais→